A diferença entre porta classificada e certificada.

Ao abrir a porta de entrada da sua casa, entra no seu espaço, partilhado com as pessoas que ama. Um lugar onde a sua história é construída, onde encontra descanso e conforto. Mas casa é também proteção, e, por isso, precisamos que seja um local seguro. A escolha da porta de segurança desempenha um papel decisivo nesse âmbito.

alt

Antes de comprar uma porta de segurança, é preciso entender que certificação e classificação não são a mesma coisa.

Porta com Classificação
Todas as portas de segurança são identificadas com uma classe anti-intrusão. O fabricante manda testar o produto num laboratório acreditado, que o submete a três testes distintos de resistência. Com base nos resultados alcançados, a porta assume uma das seis classes de segurança.
Quanto maior a classe de resistência, maior a segurança.
Um exemplo?
A classe 1 é eficaz contra aqueles que apenas usam força física para abrir uma porta. As portas classe 5 são usadas em bancos ou joalherias e neste caso o assaltante deve usar ferramentas elétricas como furadeiras e rodas de disco para abri-las.
A classificação não inclui nenhum controlo de produção. Os resultados declarados pelo laboratório de testes, de fato, limitam-se apenas à amostra do produto testado.
A classificação não é uma garantia técnica.

Porta com certificação
A porta classificada pode ou não ter certificação. A Certificação é uma garantia técnica contínua, emitida por um terceiro, o Organismo de Certificação, que anualmente realiza uma análise técnica do produto e do processo de produção.
Em suma, como isso acontece?

a)  O Organismo de Certificação agrupa a documentação técnica que identifica a série de produtos que deve ser certificado e efectua a análise;

b) Vai às unidades de produção do fabricante e verifica se tudo está de acordo com o que está declarado nos relatórios de teste;

c) Reúne a comissão técnica que analisa toda a documentação inerente e aprova a emissão do certificado ;

d) Realiza uma verificação contínua ao longo do tempo.

Porta classificada ou certificada ?

Resumindo, a aquisição de porta de segurança certificada, e não só classificada, proporciona ao consumidor final uma maior garantia sobre o produto visto que o controlo é realizado de forma contínua em todo o processo de fabrico da linha de produtos e na documentação técnica inerente e não uma única vez no laboratório que testa uma só amostra desse produto.Se a porta for certificada, terá a marca CE e o logotipo do Organismo de Certificação.